sexta-feira, 11 de abril de 2008

Jardineira à Moda de Lisboa


Há dias, passando os olhos por uma das muitas Teleculinárias que tenho em casa, dei com esta receita e fiquei com vontade de fazê-la. Primeiro, porque já há imenso tempo que não fazia uma jardineira e o meu marido gosta muito. Depois, porque esta despertou-me a atenção pelo facto de as batatas serem assadas e juntas à carne, em vez de cozerem juntamente com ela.
Como tinha carne de novilho para guisar, o jantar ficou ditado! E não me arrependi! Ficou uma jardineira muito saborosa e as batatas... Huuummm! Que delícia! Fiquei cheia de vontade de experimentá-las como acompanhamento para uma carne grelhada, por exemplo!

Passo a indicar a receita original, a qual alterei apenas no respeitante às quantidades de carne, batatas e cenouras, porque eu fiz apenas para duas pessoas (e meia!).
Para não perder muito tempo a cozer a carne, optei por cozinhá-la na panela de pressão e, como tal, juntei as cenouras só passados 15 minutos de cozedura (após a panela ter começado a apitar) e continuou a cozinhar normalmente, já sem a panela tapada.

Então, é assim:

Ingredientes:
1,5 kg de batatas
750 grs de carne de vitela limpa para guisar
500 grs de cenouras
150 grs de ervilhas cozidas
40 grs de banha
30 grs de manteiga
1 cebola grande picada
2 dentes de alho picados
1,5 dl de vinho branco
4 colheres (sopa) de azeite
1 colher (chá) de colorau + colorau para temperar
1 folha de louro
sal e pimenta q.b.
óleo q.b.

Preparação:
Corte a carne em pedaços pequenos, tempere-os com sal e frite-os ligeiramente na banha. Retire e escorra.
Deite a manteiga, o azeite e os alhos num tacho e leve ao lume. Quando começar a alourar, junte a cebola e mexa até começar a alourar. Adicione o colorau (a colher de chá) e o vinho branco e mexa. Junte depois os pedaços de carne, a folha de louro e as cenouras previamente descascadas e cortadas em cubos (eu adicionei estas últimas mais tarde). Acrescente água até cobrir, tape e deixe cozinhar.
Entretanto, descasque as batatas, corte-as em gomos e coloque num tabuleiro. Tempere com sal, pimenta, colorau e um pouco de óleo ( eu acrescentei ainda um pouco de ervas da Provença, que lhes deu um gostinho espetacular!!). Leve-as a assar no forno a 180ºC, até ficarem douradas. Retire-as depois, escorra-as e junte-as à carne, juntamente com as ervilhas, quando esta estiver quase cozinhada.
Mexa com cuidado e deixe apurar, sacudindo o tacho para não esmagar as batatas.
Rectifique os temperos e sirva, decorado a gosto.

Experimentem!

Fonte: Revista "Teleculinária Gold" nº. 25, de Outubro/2007, dedicada à cozinha regional.

8 comentários:

Marizé disse...

Imagino o sabor delicioso dessa jardineira. As batatas no forno devem dar um toque bem especial.

Bjs

risonha disse...

eu gosto muito de jardineira mas o meu pessoal lá de casa nem por isso....

anna disse...

Com as batatinhas assadas deve ficar uma jardineira muito especial...
Beijos.

claudia disse...

Quanto à jardineira...maravilha! Continuo a dizer que as teleculinárias antigas são um fascínio! O bolo de natas também já fiz e é delicioso, mas a tua variação do chocolate granulado pareceu-me muito bom, na próxima "copio-te"!!

BetiCris disse...

Conheço muita gente que não aprecia "jardineira" mas eu não me incluo nesta lista. Penso que com esta receita, com a batata assada, as pessoas iriam mudar de opinião.
Está com excelente aspecto!

Beijinhos

Su disse...

Que rico, practicamente igual quelo preparamos en la zona centro de España. Un abrazo muy fuerte y gracias por enlazarme. Me encanta vuestra cultura y vuestro idioma.

Receitas da Filipa disse...

As batatas assadas devem dar um sabor bem especial à jardineira. Deve ficar muito boa feita desta maneira.

beijinhos

monica disse...

Aqui em casa adorámos jardineira. Lembra-me sempre a minha avó materna, que fazia uma jardineira de comer e chorar por mais. A sua está super apetitosa. Bjs